Não, Miriam Leitão nunca foi “terrorista”. Mas tem alguém que é https://epoca.globo.com/guilherme-amado/livro-afirma-que-croqui-de-bombas-nos-anos-1980-era-de-bolsonaro-23820882?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=post

Forwarded from platonia
Para Pedro Ferreira de Souza, redução da desigualdade na Era Lula é contestável – Época
https://epoca.globo.com/para-pedro-ferreira-de-souza-reducao-da-desigualdade-na-era-lula-contestavel-23815810
Forwarded from baixacultura
Um estudo inédito da pesquisadora Débora Machado, da Universidade Federal do ABC (UFABC), revela que o uso de informações pessoais no Facebook pode ir além do que alguns inaginam. A empresa de Zuckerberg tem tecnologias suficientes para saber o que estamos sentindo em cada momento que logamos na plataforma. E mais: a partir disso, pode moldar as nossas emoções em benefício próprio.

A pesquisadora buscou patentes e pedidos de patente registrados pela Facebook Inc. nos Estados Unidos entre 2014 e 2018, encontrando quase 4.000. Entre elas, refinou a pesquisa para aquelas que só diziam respeito à rede social e depois selecionou 39 com potencial de modulação do comportamento do usuário. Destas, cerca de 15% tinham a análise de emoções como parte fundamental do funcionamento – vale lembrar que nem todas se tornaram patentes de fato. “Por mais que aquela tecnologia não esteja sendo utilizada, ou não vá ser utilizada, aquele é um conhecimento que a empresa adquiriu”, explica Débora.

Na Agência Pública:https://apublica.org/2019/07/como-o-facebook-esta-patenteando-as-suas-emocoes/?amp&__twitter_impression=true

Doações eleitorais são informação pública. CPF do cidadão, valor. Aqui, no tal “movimento”, temos uns nomes soltos (as próprias “lideranças”, inclusive, mas não era um monte de charlinho?), sem valores nem identificação. Ou seja, não quer dizer rigorosamente nada. Ainda mais com isto (do site):

COMO O ACREDITO É FINANCIADO?
Somos financiados apenas por doações de pessoas físicas que compactuam com os valores do Acredito. Para blindar o movimento, criamos um teto onde um mesmo CPF está limitado a doar, no máximo, 20% do orçamento total do movimento.

20% do total do orçamento, jura? Muito difícil um magnata diluir em meia dúzia de subalternos. Mas seria maldade e ressentimento imaginá-lo.

Tudo bem, um movimento pós ideológico, estranhamente opaco, de bandeiras difusas – mas inequivocamente moderadas, de um social liberalismo aos moldes do establishment democrata americano – fundado por uma moça de 22 anos. Com “uma formação com que consegue emprego em qualquer lugar”, diga-se. Justamente.

Eu não estou contente de ser governado por um protofascismo boçal. Tampouco em ver o campo popular sequestrado pelo que restou do petismo, que não tem projeto nem futuro. Mas, pelo que se vê, a polarização rebaixa o que passa por razoável ao “centro”, também. Já tem gente achando que a melhor crítica que se faz a um filme fraquíssimo, horroroso sob qualquer aspecto, é que ele “tem ideologia”. Já tem gente achando bacana louvar uma charlinha token de neoliberal por “moderna e independente”. Nesse passo elegem Huck ou Doria e ainda regozijam.

. BTW, o link para a página “doadores” estava errado no site, corrigi por dedução e achei isto, mas estava errado

https://www.movimentoacredito.org/doadores/?fbclid=IwAR1jigtZfHDvEaub9TBy_UcoEgptIxUk7kDEZdPmkf6GWhyKmsnCaFppGuU

Forwarded from platonia
É Weverton com W (@o_weverton) tweetou: Ministério da Saúde falando de homeopatia x Ministério da Educação falando de astrologia
Os dois a 80km/h… https://t.co/iesOyqhd6J https://twitter.com/o_weverton/status/1150542363892310016?s=17

Once the other party becomes an enemy rather than an opponent, winning becomes more important than the common good and compromise becomes an anathema. Such situations also promote emotional rather than rational evaluations of policies and evidence.

https://www.theguardian.com/commentisfree/2018/jul/14/identity-politics-right-left-trump-racism?CMP=share_btn_tw&fbclid=IwAR1hS6dr6WcAmQrgeDcllBPHvI7DjEQV0GGWOgFqR5XEu54lOBy3RSdmkqs