^ Mandou muito bem. O reality show como a forma empresa neoliberal – é preciso se submeter a tudo não para ascender, mas para não ser eliminado. O participante como um trabalhador precarizado do espetáculo. Podia ser feita outra analogia: a famigerada “cancel culture” da esquerda é um reality show – vota-se a eliminação de pessoas (via perda de emprego, ostracização, etc.).